29/04/16

Hey Cap

Agora posso dar duas ou três palavras sobre Cap 3:
(Com mid-spoilers)
- Infelizmente não é um filme solo de Captain America. É que isto bem poderia ser chamado Avengers 3.
- Felizmente que o filme diverte bastante. Não querendo reinventar a roda, é competente na sua execução e traz óptimos momentos para qualquer geek dar gritinhos histéricos.
- O filme não é perfeito. Longe disso. Há sempre uns traços habituais incomodativos que este tipo de filme arrasta consigo. A narrativa, apesar de parecer complexa emocionalmente, pouco traz de relevante no final do filme: No fim, todos fazem as pazes (quase) e ficam pontas soltas por atar. Ora, para um fecho de trilogia, isso é um sabor amargo.
- E os comics onde se baseia a premissa? Não liguem. Dali muito pouco se baseia. Spider-Man não troca de lados (isso fica para outro personagem), temos apenas um pequeno punhado de participantes. Nada das dezenas de heróis em confronto. Na verdade, é uma mescla entre Civil War de Millar com o arco Avengers Disassembled (minus crazy Wanda).
- Apenas morre um personagem. E nem é dos bonzinhos. Isto de especularem que irão morrer uns quantos Avengers, é só para criar hype e discussão pré-estreia...
- As lutas estão bem coreografadas (para o típico filme de acção norte-americano), mas dispensava um grande pedaço de shaky camera. Menos para a próxima, sim?
- Ohh and Ant-Man, you sonofabitch! Arrancaste-me umas palmas de entusiasmo naquele momento... Apesar de desconfiar que o iriam fazer, ainda assim a surpresa é muita.


Aranhiço

Podia falar muuuuito sobre Captain America Civil War....
Mas apenas vou falar de um "pequeno" personagem chamado Spider-Man.
- Foram alguns minutos de participação no extenso filme, mas só por esses breves momentos que me deixa a salivar (como se não estivesse já :P ) pelo filme solo de 2017.
- Tem tudo aquilo que o Spidey de Raimi fez bem: Coreografia das lutas, com movimentos cénicos perfeitos para o herói em questão. Mas indo mais a fundo no espírito dos comics do Aranha. Os fãs puritanos vão gostar.
- Temos também as típicas piadas entre um murro e pontapé (coisa que todos os filmes anteriores não puxaram o suficiente). Parecia que as vinhetas saltavam para fora do ecrã :3
- ... E um uniforme de babar por mais. As costas gritam Steve Ditko por todos os poros.
- Peter Parker é um miúdo. Um puto. E ainda bem! Tem ali muito para a Marvel explorar, para contrapôr todos aqueles adultos cheios de problemas de... "adultos".
- E sim. O que se diz por aí é verdade: A sequência do aeroporto é a melhor cena de acção do ano. Muito dificilmente outro filme conseguirá ultrapassar isto em 2016.

"- I need you to come with me to Germany."
"- Wait, what? I can't go!"
"- Why not?"
"- I have homework to do"

28/04/16

‪#‎VivaOsPilaresDeBetão‬

Esta MERDA (porque não tem outro nome) que vangloria e eleva ao estatuto de "ai que bacanos que são estes moços", vai fazer com que os mitras encham as estradas com os seus carros kitados.
Não havia mais nada para adaptar, ó gente do ghetto?

27/04/16

#‎grammarnaziforlife‬

Levei esta t-shirt sem saber o que esta tarde me iria oferecer...
Sessão da tarde com Verhoeven e... Uma gralha no bilhete.
Pior, a legendagem do filme tinha daqueles erros grosseiros que costumam surgir naquelas criadas pelos internautas nos sites legendasdivx ou opensubtitles.
"Fizes-te" ou "ganhas-te" é pior que mau...


25/04/16

Assembleia da República, here I am.

Trolling level 9000: Vir pedir votos ao Tyrion na nossa King's Landing cá do burgo
(ambos um antro de corrupção e imbecilidade)...

13/04/16

Mindfuckin-movies, man

Só me falta mesmo ver o "Another World"
(Tenho a ideia que não é assim tão mind-fuck quanto isso... Quem me confirma?)

BVShit

Ainda aqui não tinha comentado sobre a catástrofe de nome Batman V Superman.
Vi domingo passado.
Fiz Facepalm várias vezes, malta. Sim. E querem algumas pessoas dizer que o filme agradaria aos Hardcore Fans dos comics? Ora, contando com os dedos bem abertos, pelo contar das narrativas que ali havia, The Trial of Superman, The Dark Knight Returns e The Death of Superman, estas três storylines dariam cada uma delas um filme isolado... (e poderiam ter corrido muito melhor que a salgalhada que ali foi...)
O resto? Puro trailer para Justice League. Meter a carroça em frente dos bois. Tal como a Sony fez com Amazing Spider-Man 2. Imaginem a Marvel fazer em 2010 "Iron Man 2: Civil War", em vez de criarem todo um universo coeso.
O pior? Saber que a Warner não vai desistir de tudo isto com um reboot.

09/03/16

Plympton-ing my life

Eu não sou de pedir autógrafos.
E das raras vezes que pedi, nem foi para mim. E as ocasiões para isto acontecer já foram mais que muitas, acreditem...
Mas quando um artista que admiro há algumas décadas está na Monstra a desenhar gratuitamente pequenos desenhos (rabiscos), não é coisa de se recusar!
Um autógrafo é um nome escrito num papel, nada mais. Mas isto, mesmo que tenha sido feito um pouco à pressa, é um pedaço do que essa pessoa realmente é. A sua vida, as suas entranhas, o seu talento. É como terem um músico a cantar para vocês, um fotógrafo tirar-vos uma foto, ou um escritor ler algumas palavras de um livro que vocês muito admiram. São recordações. Experiências materiais.
E isso é válido para geeks como nós.

07/03/16

Tertúlia de BD, Março 2016

Comic Jam sobre Cinema?
Tinha de dar o meu contributo XD



Comic Jam desenhado na Tertúlia de 1 de Março de 2016.
 Autores participantes:
1 - Tiago Bulha
2 - Mitsu
3 - Sérgio Santos
4 - Paulo Vicente
 5 - Edgar Ascensão
6 - Marta Patalão

01/03/16

Linguagem crítica

Quando um crítico se borra de medo e avisa desesperado "para não irem ver este filme ao cinema", o que pensar:
1) O moço é um cagufas, um menino de coro...
2) Epá, se calhar até deve ser algo memorável, 'bora lá.
3) Marketing. Sempre a merda do marketing a inflacionar estas coisas.

29/02/16

Oscars 2016 - Resumo essencial

"Gente, vocês não estão entendendo a mensagem por trás desse gif..
Ele passou a mandinga pra Gaga e agora ela vai perder tudo o que concorrer"

27/02/16

The Fourth Wall

Quando uma curta portuguesa da ESCS vai parar ao GeekTyrant, é impossível não ver :D
(E deve haver por aqui malta que conheça o trabalho, ou mesmo os actores)

26/02/16

Nuked

WIN

You know, an R-rated Deadpool film is well and good, but I kind of want to see Wade show up in one of the regular X-Men films, too.
I want to see him hastily catch himself every time he’s about to say “fuck”, because he knows that the film - being rated PG-13 - is only allowed one F-bomb, and he wants to make it count.
I want to see him throw the ugliest tantrum when, after he spends the whole movie saving up that one allotted “fuck” for the perfect moment, somebody else uses it up before he has a chance.
And that someone is Wolverine.
I so love that this is completely possible in upcoming films
Wade: Everyone knowns PG-13 mean you only get one f-bomb. Gotta use it wisely.
Wolverine: What the fuck are you talking about?

25/02/16

Injustiças do cacete

Ei, espera lá...
Então o último Star Wars leva uma nomeação por uma banda sonora requentada, mas Inside Out ficou de fora?

23/02/16

Velhotes do celulóide

Fiquei admirado por saber que Douglas Slocombe tinha 103 anos na data do seu óbito.
Caramba, rica vida...

 Mas confesso que quando li a notícia da morte de Umberto Eco, pensei para comigo mesmo "mas ele não tinha já morrido há já imenso tempo?".
Dito isto, quem está afim de termos o seu óbito multiplicado em partilhas pelo Facebook nos próximos tempos?
John Williams já conta uma boa dose de aniversários (84), Clint Eastwood continua a sua cowboiada aos 85 anos, Mas Stan Lee, com 93 leva um bom avanço!
Outros acima dos 90 anos? Mel Brooks, Sidney Poitier...
E aquele do "Mas ainda não morreu já?", vai para Kirk Douglas, que completará 100 anos de vida no fim do ano.

Preparem os vossos corações, amigos :(

20/02/16

Brain-Movies 2015


Como de costume todos os anos, os filmes mais estranhos, confusos E COMPLEXOS do ano são revelados. Sem fugir às raízes deste blog, os brain-movies de 2015 por ordem de estreia, aqui estão:


PROJECT ALMANAC


RÉALITÉ


TIME LAPSE


THE EDITOR





ANOMALISA










Vou contar o The Editor como de 2015, pois se andou a rolar nos festivais em 2014, só estreou em Portugal (MoteLx) no ano seguinte, tal como a sua distribuição comercial (DVD/BluRay).
O mesmo para Time Lapse. Festivais em 2014, estreia comercial em 2015.

De resto, fica a dúvida quanto a An Illusion of My Mind (filme indiano) e The Forbidden Room, dois filmes que não consegui visionar (nem o Sr. Joaquim me ajudou nesse aspecto). Ambos a confirmar.
Synchronicity, estão aqui a dizer-me? Fica para 2016 ;)

Teríamos também Lost River (realizado por Ryan Gosling himself) se esse não fosse apenas "bizarro". Porque de complexo e mindfuck, não tem nada...

Já sabem: Algum outro filme que tenham para aconselhar, é bem-vindo na caixa de comentários!

19/02/16

Lost River (2015)

Ryan Gosling adora Blue Velvet.
Ryan Gosling quer ser como David Lynch.
Mas a Ryan Gosling falta-lhe quilometragem, alma e fibra.
Ainda assim, dois pontos pelo entusiasmo e tentativa.

18/02/16

Réalité (2015)

Réalité é um autêntico nó.
Uma Matrioska infinita, na qual a última figura de certa forma contém a primeira.
Dupieux já nos ia dando enxaquecas desde Rubber (ainda o meu favorito do autor) e com Wrong confirmava que a estranheza satírica era para manter como sua imagem de marca. A auto-crítica está sempre subjacente, não se importando com os danos colaterais de chamar o próprio espectador de estúpido ou gozar na nossa própria cara. As metáforas estão lá todas. Só precisamos de engolir, entender e rirmo-nos de nós próprios.
É a sua essência. Mind Fuck as hell. E findo este filme, fez dar-me conta de que me esqueci de publicar o meu TOP Brain-Movies 2015, os quais ia fazendo anualmente.
Tenho de... pôr mãos à obra!

17/02/16

HaRdcoRe HenRy

#‎DeadpoolTsunami‬, vê lá se dás uma ajudinha no hype deste filme (também ele Rated R e com uma pinta do caraças) para ver se as previsões de boxoffice não sejam tão miseráveis como as que prevêem... (aponta-se 24 milhõezitos para toda a sua corrida)

Badass Liam

15/02/16

Poster Caseiro: THE BIG SHORT

Especial Oscars 2016 #5
THE BIG SHORT
 Um dos meus favoritos na corrida. Era difícil falar de um modo "técnico", num filme condimentado com elementos da gíria económica. Ora sendo assim, porque não deixar falar os próprios gráficos do mercado?...



Também visível na página Facebook e Deviantart.

Também cá tenho um do Deadpool

É pequenino, mas é com o Cable :D
 ‪#‎deadpool‬ ‪#‎comic‬ ‪#‎cable‬ ‪#‎xmen‬


Deadpool é um filmão...

... Mas Kick-Ass continua a ser superior.
 Sim, atrevi-me a sacar esta do bolso.
(E em todo o filme, nem um Taco a ser devorado! :/ )

 E fica um dos pontos altos do filme!

13/02/16

DIY é sempre mais barato

E arrisco-me a dizer que esta minha versão do hoverboard de Back to the Future 2 está com tão boa pinta como o oficial:


10/02/16

Deadcool

Com a estreia de Deadpool prestes a rebentar, ficam 18 loucuras da BD:
Canibalismo, crossovers da DC ou dizimar todo o Universo Marvel, há para todos os gostos.