17/08/05

Mockumentarys

SERIES 7 é um espécime bem interessante de 'Mockumentary", "Mock-documentary" ou "Semi-documentário" (tanto faz como lhes chamam, é um documentário-falso), com esse género tão bem patente na influência de massas crédulas, faço revista a outras obras deste tipo e uns dos mais interessantes:

Blair Witch Project (1999)
O melhor exemplo de 'MockDoc'. Quando estreou, fez correr muita tinta pelos media por toda a gente pensar que a história seria verdade. Umas semanas antes de sair nos cinemas, foi divulgado um suposto documentário sobre a lenda de Blair em Burkitsville, "Curse Of The Blair Witch". Por cá passou na TVI e é tão ou mais assustador que o próprio filme. Ainda hoje há quem pensa que realmente aconteceu... Mas isso são pessoas mal informadas e demasiado crédulas.


Forgotten Silver (1995)
Uma obra-prima de Peter Jackson, filmado na Nova Zelândia. O filme é um tributo a um dos grandes nomes da idade de ouro de Hollywood, no tempo do cinema mudo. Criado como um documentário, com diversas entrevistas a realizadores que admiram as suas obras esquecidas pelo tempo, este filme estreou na televisão com os espectadores a telefonarem para a televisão a darem opiniões e homenagens sentidas a este artista que nunca existiu, senão na imaginação de Jackson.


The War Game (1965)
Não confundir com o thriller de John Badham "War Games", esta obra produzida pela BBC em 1966 relata uma hipotética catástrofe nuclear em plena cidade de Londres. Com situações simuladas de fuga e refúgio à explosão, este filme causou polémica em Inglaterra por alturas da sua estreia, muito por causa da fortes e intensas imagens de terror, numa época em que a Guerra Fria estava no seu auge.


R2-D2: Beneath the Dome (2001)
Curta para tv sobre a vida e desgraças do robôt de Star Wars após o sucesso da saga. Após a saga acalmar após a estreia do "Regresso de Jedi" em 1983, a carreira do pequeno robôt acaba por cair no esquecimento e entra por maus caminhos da vida. Tem comentários e entrevistas de toda a gente que o conheceu de perto, desde George Lucas até aos amigos de infância. Podem encontrá-lo no DVD do "Ataque dos clones", disco 2 de extras.


X-Files: "X-Cops" (season7/episode12)
Um dos melhores e mais assustadores episódios que vi desta série de culto. A história desenrola-se como um banal programa "COPS" (Popular nos States, sobre as diversas missões dos polícias). Ora, Mulder e Scully entram numa dessas gravações, com os cameramans sempre atrás deles. A reportagem é feita em volta dos dois agentes do FBI e colaboração com a polícia em casos estranhos que se vão desenrolando numa noite de lua cheia. Sempre de câmara ao ombro, iluminação improvisada, os "Piiiii" por cima dos palavrões e não falta mesmo o círculo desfocado na cara de quem não quer ser filmado. Pena que para ver este episódio se tenha de comprar o pack completo da série nº 7...


The office (2001-2003)
Famosa e aclamada série da BBC sobre o dia a dia de uma empresa britânica. O factor câmara-documental dá um certo ar de realismo à história, mas as situações tão ridículas do chefe tornam este exemplo numa comédia satírica e pouco credível perante a realidade dos factos.


A curta mais longa e o homem que gostava de zombies (2003)
Portugal também parece ter um destes inventos, mas ainda naquela dúvida do que é real e o que é ficcionado. Criado em conjunto com a curta zombie "I'll see you in my dreams", este "documentário" foca a história de Eurico Bernardes Catatau, o verdadeiro criador da primeira história de terror português. A segunda parte, apresenta o making of da curta (isto já tudo verdade, hem). Podem descobri-las no DVD.


Alien Autopsy: (Fact or Fiction?) (1995)
Telefilme documental de 1995, analisa os acontecimentos que alegadamente foram filmados no deserto de Roswell, quando uma nave extraterrestre se despenhou. O documentário centra-se na autópsia de um corpo extraterrestre pelos militares Americanos em 1947.

Depois de tudo isto, quando virem um documentário, pensem duas vezes. Pode ser que o realizador só queira fazer umas experiências com a credulidade humana...

8 comentários:

gonn1000 disse...

Escolhas interessantes e pouco habituais... Bom mix :)

André Carita disse...

Blair Witch Project, apesar de duras críticas, foi um dos "filmes" mais intensos e asfixiantes que vi no cinema.
Alien Autopsy muito me ri quando o vi na RTP com um debate conduzido por José Rodrigues dos Santos.
Os outros que referiste não conheço, tirando o "I'll see you in my dreams" que tive a oportunidade de o ver à pouco tempo! Como disse o gonn1000 e muito bem, foram escolhas interessantes, contudo eu acho que são cada vez mais habituais. São uma boa alternativa aos filmes que estão agora no cinema!
Um abraço!

Francisco Mendes disse...

Bela referência a uma das obras de culto de Peter Jackson, "Forgotten Silver". Muito bom!!

Johnny disse...

Ainda me lembro bem de quando passou a autópsia do extraterrestre na televisão, aqui há uns anos atrás. Muita divulgação ao longo das semanas anteriores. Grande expectativa...

Adormeci enquanto assistia.
No dia seguinte perguntei a uns colegas o que eles tinham achado da autópsia e eles contaram que também tinham adormecido a meio. Spooky! :P

brain-mixer disse...

Isto é um género que qualquer pessoa pode fazer em casa. Com uma MiniDV, juntam-se alguns amigos e improvisa-se... O que é preciso é uma história original e alguma credibilidade as 'interpretações', pode ser que alguma estação TV acabe por ver e achar que tem potencial para enganar outra gente!

Sam disse...

Muito interessante, esta "colectânea" de "mockumentaries". Gostava também de referir um filme, realizado em 1983 por Rob Reiner, intitulado THIS IS SPINAL TAP, sobre a fictícia digressão duma fictícia banda rock de sucesso. Se tiver oportunidade, não perca esse filme.

Cumprimentos cinéfilos.

brain-mixer disse...

Esse esteve na extensa lista que propunha aqui incluir, mas tive de cortar em alguns. Mais ainda, porque ainda não o vi, ao contrário de todos os que aqui estão. Mas é um filme a ver!

André Batista disse...

Blair Witch Project e The Office são geniais, e do melhor que este género nos pode dar. Originais, e marcos da cultura POP. Belo post brain-mixer!