01/09/05

Mistérios por resolver



Muito se escreve sobre os filmes, muito se espectula, teorisa, analisa... Mas não há nada como um bom mistério por resolver para ficar para a história do cinema. Relembro alguns desses bons momentos que deixam fluir a imaginação do espectador.
ATENÇÃO AOS SPOILERS: PODE HAVER SURPRESAS


DIÁLOGOS SECRETOS:

Lost in Translation
Bill Murray sussura algo a Scarlet Johansson no final do filme. Não é audível ao público e ficará por saber o que lhe foi dito. Melhor, fica à disposição de cada espectador interpretar o momento...


Mystic river
Murmúrio de Kevin Bacon a Sean Penn no final do filme. tal como em Lost in Translation, este final é também uma dúvida, embora aqui o enredo seja menos romântico e mais sombrio.

Mulholland Drive
Conversas de máfia sobre o realizador. Todos os comentários que os velhos fazem entre si são sem dúvida mais um elemento a juntar ao ambiente misterioso do filme. Não tão importante para a história mas também fica ao dispôr do público interpretá-lo à sua maneira.

Citizen Kane
ROSEBUD", a última palavra de um moribundo. Orson Welles tinha aqui o seu McGuffin, a palavra que iria fazer desenrolar a história. No final, mostra-se a sua origem mas não o seu real significado, o que significava a Charles Foster Kane. Há quem diga que é a interpretação da sua infância perdida, o passado que não volta. Uma interessante análise a este enigma pode ser lido aqui.



ESTRANHOS OBJECTOS:

2001 - Odisseia no espaço
Um monólito negro aparece. Sem explicar donde vem e o que significa, a única certeza de quem viu o filme é que é de origem extraterrestre. A sua função ou missão é também desconhecida. Kubrick levou o segredo com ele para debaixo da terra.



PERSONAGENS AMBÍGUAS:

Total recall
Douglas Quaid estará realmente a sonhar confortavelmente na Recall Center ou é mesmo um agente secreto com a memória apagada? As notícias de uma possível sequela (entretanto abandonadas) dariam cabo deste pequeno e delicioso pormenor que fez este filme um clássico da F-C.
Phillip K Dick no seu melhor.


Basic Instinct
O plano final de Catherine Trammel a querer sacar do picador de gelo aumentou a suspeita: Ela é ou não é a assassina do filme? A sequela logo o dirá. Ou não...


Blade Runner
Harrison Ford é um andróide? Ridley Scott já confessou que era essa a intenção. Muita tinta já correu por causa desta questão. Mas o realizador frisa: O que o filme realmente quer acentuar é a humanidade e não a inteligência artificial.


Twin Peaks
Embora seja uma série, houve um telefilme que abordou o que se passou nas últimas horas da vítima. Quem matou Laura Palmer? O filme explora o estranho universo de Lynch e deixa tudo por responder.


Os Pássaros
O que significam os pássaros? E porque atacam eles?
Nunca se sabe o porquê deste comportamento (algo natural e selvagem, como é normal de um animal...). As explicações vão desde vinganças ecológicas a metáforas das tensões entre os personagens. São sim, rejeitadas pelos produtores qualquer leitura satírica ou psicanalítica do factor, concluindo com a perturbante ideia de que tudo não passa de uma piada e nada mais...
Para ler este texto no seu todo, clique aqui.
(O mesmo caso de ambiguidade nas intenções para "Marte ataca" de Tim Burton…)


MCGUFFINS INTRIGANTES
E CONTEÚDOS DESCONHECIDOS:


Ronin
A mala que todos querem: Poderia conter ou uma bomba, dinheiro, droga, ou pura e simplesmente estar vazia... O que aqui realmente importava era o facto da mala ser um objecto de desejo por toda a gente. Leiam também uma pequena análise ao filme.

Pulp fiction
A famosa mala que John Travolta e Samuel L. Jackson tinham de recuperar: O seu conteúdo é observado por diversas personagens mas não é transmitida nenhuma informação ao espectador. Com um número-chave 666, há quem especule que a maleta contém a alma de Marsellus Wallace. Outras estúpidas teorias levantadas por fãs vão desde: "Uma cabeça humana", "a orelha do Reservoir dogs", "os diamantes do roubo de Reservoir dogs", entre outros. Uma boa explicação deste fenómeno pode ser lido AQUI.

Barton Fink
Neste filme dos irmãos Coen, Barton recebe uma caixa para ele guardar, entregue pelo personagem de John Goodman. Mas o seu conteúdo nunca é revelado. Este é mais um caso de "mistério para sempre".

16 comentários:

André Batista disse...

´Ganda post! 'Tás cada vex melhor ó brain - mixer! e eu estou 'back in action! viva lost in translation!

brain-mixer disse...

Olha olha! Quem voltou das férias!! Bemvido ao mundo real, André.

gonn1000 disse...

Boa pesquisa, como já vai sendo habitual...

not_alone disse...

Realmente, que post interessante. Dava horas de conversa... :P Keep Up the good work

H. disse...

excelente ideia de post =)
por falar em "coisas mal explicadas" vi ontem o 'Lost Highway'... Incrivel... Mas... ficaram coisas por perceber... Eram elas a mesma pessoa? O que aconteceu na estrada ao mecânico? Qual a sua ligação ao saxofonista? Luzes, iluminem-me pff!! :)

André Carita disse...

É por essas e por outras que o cinema é fantástico e existem películas eternas de culto com algumas cenas "mal explicadas" mesmo para criar essa dúvida. Falaste em Kubrick, e caso tenhas visto o último filme dele "Eyes Wide Shut" existem muitas coisas que não se sabe ao certo mas que também existem muitas teorias. Quem era aquela mulher que "deu a vida" por Tom Cruise quando este era obrigado a despir-se à frente de toda a gente? A prostituta? A filha do dono da loja de máscaras? A própria mulher?
Excelente post! Realmente estas "caixas" de comentários tornam-se pequenas para assuntos que davam noites de discussão! :)
Um abraço!

Francisco Mendes disse...

Se pegarmos na cinamatografia de Kubrick, então teremos imensa simbologia para decifrar... Brilhante!!
Excelente post Edgar, muito, muito bom!!

JTC disse...

Muito bom post fez lembrar uns bons mistérios de uns bons filmes!

Mas também fez acordar uma curiosidade inquietante que eu preferia que estivesse adormecida :(

Será que alguma vez vamos saber o que estava na mala do Pulp Fiction (essas teorias dos fãs são hilariantes) :D

Ana Marques disse...

Bem vou repetir o que todos já disseram, mas é a realidade, muito bom post.
Em relação a Lost in Translation parece que Bill Murray disse numa entrevista que quem estivesse realmente apaixonado saberia o que ele disse, mas isso pode também ser uma estratégia de marketing. Dá para uma discussão de horas e horas! Continua o bom trabalho Edgar.

brain-mixer disse...

Obrigado a todos. Realmente o cinema gera paixões e grandes conversas, mas também estimula-nos o subconsciente nem que seja para matutarmos no filme na hora de deitar!

Lost in space: Esse filme é de todo um daqueles fenómenos sem explicação de uma ponta aoutra (imagina olhares para um quadro do Dalí e diz-me o que sentes)

André Carita: O Eyes Wide Shut só o vi uma vez, tenho de o rever para prestar atenção aos detalhes que referes ;)

Francisco: Kubrick era ele próprio um mistério! Até mesmo na sua morte deixou tudo em alvoroço...

Até uma próxima!

kimikkal disse...

Tanto para falar e tão pouco tempo...
1- mistério da mala de Pulp Fiction: lembro-me na altura de falarem disso, o meu palpite é que terá a ver com a orelha de "Reservoir Dogs". Por falar nisso falou-se na altura que as marcas na cabeça de Marcellus tinham a ver com a sua alma.
2- Ataque das aves em "os pássaros": comportamento possível, embora raro em certas espécies de aves, houve um episódio dos x-files com temática parecida.
3- Quem matou Laura Palmer? Boa pergunta, dava para 1000 episódios.
4- Picador em Basic Instinct: Acho que sim, é ela a suspeita.
5- Monólito em 2001 - Odisseia no espaço: Influencia a inteligencia animal. Como tal algo inteligente a criou. ET's? Deus? Deus é um ET? Fica por saber o que Kubrick queria dizer.
6- Rosebud em "Citizen Kane": O meu palpite é que tenha a ver com episódio marcante na vida da personagem, fica por saber em que altura.
7- Sussurro em "lost in translation": "É hoje?" :)

bom post!

brain-mixer disse...

Prefiro acreditar que todos os enigmas fiquem no segredo dos deuses!

Knoxville disse...

Excelente trabalho de pesquisa e post. Foi óptimo relembrar e reviver alguns momentos que já nem me lembrava.

Cumprimentos!
Knoxville

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site... Cabinets that surround refrigerator New car audio tv dvd mp3 stereo player Sleepless high cholesterol Citroen in car entertainment gps Business credit cards personal guarantees Drugstores officials and employees Free bingo card maker Topamax side effects remedies insurance risk manager 14 inch band saw tires free business card template com Minimum punishment illegal use oxycontin print your own free business cards 3 Dodge challenger pitman arm Online tech support training cd business card Aqua clear quick filter Spring 2005 coats Lowrider import cars

Peter Gunn disse...

Descobri um novo MCGUFFIN neste fim de semana... Encontra-se no filme de Hitchcock "A janela indiscreta" e trata-se da alegada caixa que terá sido enterrada pelo assassino no quintal e que nunca se sabe o que ela contém... e só se sabe que é uma caixa pelas informações da policia já no fim do filme!

Um abraço intrigado =)

brain-mixer disse...

Ena, Peter, parabéns por teres desenterrado este artigo! REalmente eu nunca vi o Janela ndiscreta e é motivo mais que suficiente para arranjar o DVD (e que não fosse de Hitchcock!)

Eu tenho actualizando alguns artigos e Copy/pastes, como deves ter reparado, e logo que veja o filme coloco aqui com créditos teus ;)

Abraço!