11/04/06

Quem já viu isto?







NOTHING - NADA
de Vincenzo Natali

Vencedor do Fantasporto 2005
Tende a aguentar-se por um fio, onde por vezes parece cair no aborrecimento e tornar-se monótono: Isto aconteceu por diversas vezes quando ainda estava a 40, 50 minutos de filme.
Mas para uma sinopse bastante simples, conseguiram gerir relativamente bem as ideias que tinham entre mãos. Podiam sim, ter explorado melhor o poder que tinham por outras vertentes mais 'metafísicas', o surreal, a loucura de argumento (um pouco na linha de Kaufman).

Vale pela originalidade da ideia e pela surpresa da interpretação dos dois protagonistas recentes nestas andanças.

10 comentários:

180min disse...

é certo que o nada é o fim ultimo. o conceito está original, compreendo o teu aborrecimento, mas quando não há nada não é isso às vezes que se sente?

no meu caso, não sabia nada do filme, conhecia o cubo e o cypher mas não estava preparado para o que vinha a seguir. se antes natali explorava a agnonia do estar fechado, aqui explora o vazio e se quisermos o livre total, que não deixa de ser também agoniante.

ao fim de 30 minutos ficamos reduzidos a dois actores no vazio e surpreendentemente conseguiram manter-me até ao fim sem bocejar.

gonn1000 disse...

Não vi, mas a ideia tem potencial. Se o filme estiver ao nível de "Cypher" e "O Cubo", então não será de desprezar.

not_alone disse...

Eu já vi e gostei bastante. Não o achei nada aborrecido, pelo contrário, valorizo bastante o realizador porque fazer um filme sobre o nada não é tarefa simples e ele fez um excelente trabalho. Como já vem sendo hábito.

Mário Lopes disse...

Curioso de facto...Um filme sobre o nada é capaz de ser engraçado :) lol.

Abraço!

brain-mixer disse...

Eu não achei o filme aborrecido, que fique esclarecido. Acho é que houve uma altura em que eles se perderam um bocadinho...

Knoxville disse...

Sim, o filme está longe de ser aborrecido, mas também não é nada por aí além. Explora um tema original, interessante e consegue alguns momentos engraçados. Mas nada mais do que isso.

Um abraço.

brain-mixer disse...

Knoxville, estamos plenamente de acordo!

The Star disse...

Hummmm, um filme sobre o nada, interessante.
Está bem, não tenho nada a dizer. ;)
Bjs.

André Carita disse...

Cube de Vincenzo Natali é um dos meus filmes preferidos... Cypher não achei muita piada.. e este Nothing não conheço... parece-me interessante!
Um abraço!

brain-mixer disse...

Vale a pena descobrir!