07/11/08

Copy / Paste

<<Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma...>> LAVOISIER

Bolas malucas!
Quer seja no futuro ou num presente ultra-tecnológico, estas esferas tornam-se perigosas e controladoras.


Event Horizon
(A nave que transpôs para o lado de lá tem uma estranha entrada no núcleo do propulsor)



A Esfera
(Esta forma circular vinda de longe (muito longe) entra na mente dos personagens de um modo íntimo e aterrador)


Eu, Robot
(Vicky, o computador central de toda a tecnologia robótica, quer dar o seu contributo para uma sociedade mais "feliz")



Eagle Eye
ARIA é um engenho militar - Qual Big Brother - que parece ser irmã de Vicky.

9 comentários:

Sam disse...

De facto, as formas esféricas sao bastante aterradoras...! :)

Recordo-me da que surge (atenção! spoiler!) no final de MATRIX REVOLUTIONS, embora aquela possua o que parecia ser uma face.

Abraço.

wasted blues disse...

Bolas sinistras, boa memória ;)

brain-mixer disse...

Sam, aquilo mais parecia um porco-espinho :P
Mas não deixa de ser uma bola ;)

Wasted Blues, actualmente a bola mais sinistra é a que rola nos campos da Selecção Nacional, eheheheh :D

Abraço aos dois!

Peter Gunn disse...

Gostei do comentário da bola da selecção nacional heheheh

De resto mais bom copy/paste que nos faz pensar: mas não existem entidades ou seja o que for em forma de bola que só cá estejam para praticar o bem? ;)

Cumprimentos

brain-mixer disse...

Peter, assim de repente... :s
Pelo contrário, agora estou a pensar é em cubos! Um bom (o do Transformers) e um mau (O de Hellraiser).
Ahhh...! E veremos do que se trata aquela enorme bola do filme "O dia em que a Terra parou"! ;)
Abraço!

Peter Gunn disse...

Um p.s.: Então e a "pequena" esfera conhecida como "Estrela da Morte"? ;)

Um abraço!

Fifeco disse...

Pessoalmente até gostei da vilã de Eagle Eye, filme que acho um pouco subvalorizado. No entanto, admito que tudo soe um pouco a deja vu.

Aproveito para congratular-te pela mudança de visual que ficou bastante bem.

brain-mixer disse...

Peter, por falares nisso, dá uma vista de olhos nisto:
http://brain-mixer.blogspot.com/2006/02/os-desvios-blogosfricos.html

Fifeco, a vilã poderia ser um clássico para o futuro, não fosse exactamente isso que dizes: Um déja vu... Com HAL9000 e a Vicky de I, robot, parece ser pouco para os dias de hoje.
Um obrigado pelo elogio!

Abraço aos dois ;)

Peter Gunn disse...

Já estive a ver a Mimas... e olha que realmente dá que pensar se não foi ai que surgiu mesmo a ideia para a "Death Star" :D