27/01/09

Brain-movies 2008



Como de costume todos os anos, os filmes mais estranhos, diferentes e intricados do ano são revelados. Sem fugir às minhas raízes, os brain-movies de 2008 (Bons ou maus) aqui estão:

Be Kind, Rewind
Gondry volta a não falha nestas listas em 2008. Começa a ser um cliente regular cá da casa, deixando gorgetas bem recheadas. Desta vez, o amor pelo cinema foi o ponto de partida para uma reinterpretação dos "filmes da nossa vida" contados de modo caseiro. Não precisa de ser complexo para ser inteligente.

The Tracey Fragments
Decididamente diferente de Timecode ou de Pulp Fiction. Todos os fragmentos da memória de Tracey espalham-se pela tela, com dificuldades acrescidas para o espectador de reunir as peças do puzzle.

Blindness
Uma epidemia de cegueira. Uma sociedade arrasada pelos seus comportamentos incontroláveis. Meirelles soube pegar numa obra escrita e torná-la um filme "cego". Foca-desfoca, imagens nebulosas, brancas, invisíveis. E afinal está tudo lá...

The Curious Case of Benjamin Button

Falta aqui a complexidade de Fincher, numa história tão simples como objectiva. Mas toda aquela analogia da vida juntamente com o reverso da medalha, faz esta história de amor completamente diferente de qualquer outra. Até mesmo de Forrest Gump.

Por ver ficou Synecdoche, New York, a primeira experiência de Charlie Kaufman na realização. Quem viu diz que não desiludiu. Eu espero também por sso.


Não percam para breve as já anuais "Expectativas" para 2009...

5 comentários:

Peter Gunn disse...

Dos filmes referidos apenas ainda tive a oportunidade de ver o Benjamin Button, filme muito bom por sinal.
Dos outros tenho realmente bastante curiosidade com a recriação de Jack Black dos filmes das nossas vidas no mundialmente aclamado "Be kind, rewind".
O "Blindness", mais que não seja pela premissa, também me tem dado água na boca para ver o que o "Grande" (já se pode dizer isto certo?) Fernando Meireles conseguiu fazer com a obra do nobel da literatura.

A estreia de Charlie Kaufman na realização também não deve ser nada de deitar fora. Por acaso adquiri no inicio do mês o "Inadaptado" mas ainda não tive oportunidade de ver... que achas dele?

De resto vamos ver o que 2009 nos reserva para os próximos tempos a nivel de filmes "quebra-cabeça" :P

Um abraço

Filipe Machado disse...

Infelizmente, ainda só vi o Blindness. Muito fiel ao livro, apesar de saltar alguns pormenores. Gostei, mas não adorei...

Izzi disse...

Tinha a sensação de que o Be Kind Rewind era de 2007, mas boa escolha ;) Desse grupo só não vi o "The Tracey Fragments".

*

brain-mixer disse...

Peter, do Adaptation, posso adiantar que não é tão mirabolante como o Being John Malkovich, mas mesmo assim comporta-se solidamente. Grandes actores, boa história, vale a pena ver ;)
Para 2009, lanço agora uma lista de "expectativas", tal como habitualmente de há 3 anos para cá... ;)

Filipe, ainda estás a tempo de ver o Benjamin Button antes dos Óscares :P (antes que caia na armadilha do ultra-mediatismo que afecta alguns dos filmes - Titanic por exemplo)

Izzi, nos States estreou no início de 2008, por cá creio que foi em DVD... Enfim, dor de alma!

Cumps ;)

Izzi disse...

Pois, eu tb tinha essa sensação, mas alguém me disse que tinha chegado a estrear numas poucas salas. Eu já só vi em casa e sim - é uma dor de alma...