15/07/12

Amazing Spider-Man: A saga imaginada por mim

Falemos de... Sequelas do reboot.
Já estão a escrever o 2º da suposta trilogia que a Sony planeia fazer, mas por mim, podiam alargar para muitos mais... São tantos os arcos narrativos do Aranha e tantos os vilões que o acompanham que certamente que 3 apenas não serão suficientes.

Eu proponho uma heptalogia, tal como a série Harry Potter (e aquilo que a Warner andou a especular há uns tempos sobre Batman).
Ora seria isto que me iria agradar, histórias que seguiriam de perto tudo aquilo que andaram a fazer desde 1962 até à década de 80, muito fiel à BD.
Aviso desde já que esta minha "visão" se acomoda muito mais a fãs atentos dos comics do herói do que cinéfilos em geral...




THE AMAZING SPIDER-MAN SAGA em 7 filmes:

1 - Aquilo que já nós vimos (pela segunda vez...)

2 - Amazing Spider-Man: Genetics
A Oscorp anda a fabricar vilões geneticamente modificados (baseando-se na história do videojogo que saiu este ano). Com Rhino e Scorpion a "sairem dos tubos de ensaio" (que previamente mostrei anteontem).
Harry e Norman Osborn aparecem, mas este último não ainda como Green Goblin. Gostava de ver também o capítulo de "The Final Chapter" que contém o momento forte de ASM #33.


3 - Amazing Spider-Man: Destiny 
Peter inicia a sua experiência no Daily Bugle e J. J. Jameson não perde tempo, contratando PP para desvendar em fotografia os podres do poderoso Osborn.
Green Goblin finalmente surge, revelando que foi ele quem mandou matar os seus pais. E o Camaleão como braço-direito, o vilão a quem Osborn confiou a missão de assassinato. O momento que todos esperamos virá no final do filme quando Goblin mata Gwen Stacy.
Fim da suposta trilogia. Começamos uma nova, continuando estes filmes? Bora lá.


4 - Amazing Spider-Man: Gang War
Com um filme "de luto", entra em cena a Gata Negra, que torna incómoda a situação de Parker a não querer assumir nenhuma relação amorosa após a chocante conclusão do anterior filme. Entretanto, ele tem de acalmar os criminosos tumultos da cidade, com a Guerra de gangues a rebentar: Kingpin comanda as hostes de The Enforcers, com Hammerhead entre os seus aliados. Do outro lado, Silvermane é quem puxa os cordelinhos. Spider-Man torna-se famoso no Daily Bugle com os seus exclusivos fotográficos. Podemos ver neste capítulo, cenas dignas de filme de acção, com armamento pesado, metralhagem e thriller policial.



5 - Amazing Spider-Man: The Hunt 
Mary Jane apresenta-se como nova vizinha de Peter Parker, e após a voz da razão de Tia May lhe abrir os olhos para uma nova vida, apaixonam-se.
JJJ aperta o cerco a Spider-Man lançando uma vergonhosa campanha no jornal: Recompensa avultada a quem capturar o Aranha. O resultado será épico, com diversos inimigos a surgirem de todos os lados, como as Spider-SlayersSilversable (a caçadora de recompensas que se alia ao Aranha no clímax), Kraven e Shocker.
Após este obstáculo, Peter desiste de ser Spider-Man, concluindo o filme com este gancho.



6Amazing Spider-Man: Siege
Otto Octavius apresenta-se como o novo sócio da Oscorp, dirigida por Harry Osborn. Continuando as experiências do seu pai, Doc Ock nasce da fusão da tecnologia com a biogenética. Outros lhe seguirão: Electro e Vulture. Mary Jane é raptada para Spidey cair numa armadilha e ser capturado para estudar cientificamente os seus poderes, o que lhe traz um contra-ponto interessante: O poder aracnídeo torna-se mais forte durante uns instantes, ao crescerem-lhe mais quatro braços, o tempo suficiente para derrotar os inimigos.



7 - Amazing Spider-Man: Web of Death
MJ começa a trabalhar como actriz no mundo do cinema e entre os funcionários dos efeitos especiais, Mysterio surge como o antagonista. Parker resolve voltar às funções de herói, após ver MJ em perigo. As habilidades de Mysterio com ilusões e hipnoses recordam-lhe traumas do passado: O tio Ben, a Gwen, os seus pais... Mas a derradeira conclusão seria com o confronto contra The Sinister Six, reunindo os vilões dos filmes precedentes.




É claro que a saga poderia continuar, dando espaço a personagens como Hobgoblin e Morbius ou mais recentes como Venom e Carnage. Arcos narrativos de Clone Saga, Cosmic Powers e Secret Wars (já numa união amigável entre a Sony e os estúdios Marvel), estariam presentes para nos mostrar quatro décadas de aventuras.
Esta última década de comics, seria muito cedo para explorar... Ezequiel, Civil War, Brand New Day, quem sabe para um próximo reboot...

E já agora, aqui está uma lista inspirada feita por um fã para castings de uma série de filmes... Acontece que ele a imaginou antes de começar este reboot.

E as vossas ideias, leitores?

2 comentários:

CINE31 disse...

Por mim, estás contratado!

alucardscorner disse...

Ver o Sixth Sense no cinema seria interresante mas infelizmente nao acredito que algum dia aconteça.