01/02/13

Obsessão física

A questão do mês centra-se na minha obsessão em reunir em formato físico todo e qualquer produto audiovisual. Quer tenha visto ou deseje ver, ou mesmo aqueles que não tenho intenção de assistir nas próximas décadas. Pergunto-me se vale a pena gravar em DVD-r todo e qualquer filme que saia em cinema (por norma são acima de 400 anuais), sendo que aqueles que gosto mesmo muito, compro em Blu-ray.
A tendência mais recente é esperar pelas versões Blu-ray 3-D que vão saindo no mercado e estar atento que haja promoções extraordinárias (na Amazon.co.uk) ou uma pechincha invisível (no ebay). A verdade é que já se vão encontrando edições baratinhas no mercado UK, envergonhando o mercado tuga, que escandalosamente ainda insistem em BD 3-D acima de 25€ (e até aos 35€). Pode-se lá encontrar filmes como John Carter, Green Lantern, Avatar ou Tron Legacy todos em 3-D e legendas PT abaixo dos 10€...

Ora então a norma a partir daqui é gravar TUDO (em DVD-r) e comprar aos poucos os outros em BD 3-D. Aqueles que são "flat", esperarei pelas loucuras do Jumbo a 3.5€ que possivelmente virão nos próximos anos (ou mesmo à doida a 1€, quem sabe como o mundo roda...)

E vocês, como gostam dos vossos formatos físicos?

10 comentários:

O Narrador Subjectivo disse...

Gravo alguns em DVD-R, que guardo em boxes de 10, mas sempre que posso compro DVDs originais, acima de tudo na Worten, onde há muitos filmes a 5 ou 10€, às vezes edições com extras. Aquelas mais especiais, é raro comprar. Filmes europeus que só têm edições a 20 ou mais euros também. Gosto muito de ver as caixas todas alinhadinhas nas prateleiras :P

brain-mixer disse...

No Facebook estão a falar-me de outras prateleiras: "Mamas"...
Não perceberam o meu ponto de vista LOL

Arm Paulo Fer disse...

Ora bem... eu não sei justificar mas nos últimos anos, ganhei realmente uma obsessão por ter os filmes em formato fisico mas só se estes se puderem adquirir em baixissimos preços.

Longe vai o tempo em que dava facilmente 20€ por cada um dos filmes do Batman (Begins e Dark Knight), ou que comprava a trilogia dos X-Men (pack em caixa com os 3 filmes) por 35€.
Ou soltar da carteira 70€ pela trilogia extended do Lord Of The Rings ou a mesma soma pela edição Ultimate Collection de Matrix (ficando com DVDs repetidos, do 2 e 3...).

Nããããã... agora é somente as pechcinchas de 1€ a 3€... no fundo o que se pode apanhar nos Jumbos e outros hipers, ou principalmente pelos jornais.
Se for barato, lá trago mais um filmito para casa... e nessa onda já tenho imensos!

Tenho andado a completar, gradualmente, uma lista da minha DVDteca no Letterboxd... ainda faltam algumas dezenas de títulos e hoje vou arranjar mais um DVD (via Record):
http://letterboxd.com/armpaulofer/list/apf_dvdteca/

O Narrador Subjectivo disse...

Fui eu - desculpa lá ter desconversado, mas assim também abordei um grande espectro de prateleiras xD

brain-mixer disse...

Ahahah! true true :D

Arm Paulo Fer disse...

Eheheheheh... prateleiras pois... seems legit!

Jorge Teixeira disse...

Ora bem, também guardo imensos dvds, especialmente em Divx, numa lista que já conta com 1500 filmes, sensivelmente - quase todos gravados e arquivados em cilindros e com a respectiva lista em excel bastante detalhada, diria. Depois também tenho a minha colecção de dvds originais, cerca de 130, quase todos em edições especiais. Normalmente só compro filmes de que já vi e de que gostei bastante, por isso se pode dizer que a minha dvdteca abrange quase todas as décadas e países. Sendo que actualmente também estou em retenção de custos :)

Cumprimentos,
Jorge Teixeira
Caminho Largo

brain-mixer disse...

Jorge, divx comecei em 2000, mas logo desisti pois os extras dos DVDs deram-me a volta.
DVDs originais passam dos 250 (eu fui um dos "cleaners" no encerramento da Blockbuster há uns anos, qd andavam a ser despachados a 1€).
Blu-ray já vou em 25,
DVD-r aí sim, é onde a vaca muge: 2500 and counting, com 80% em cilindros como tu (mas mesmo assim eu tenho o sonho de ter tudo armazenado com caixinha + capinha :P

Cumps

Peter Gunn disse...

Espero ainda vir a tempo de dar uma palavrinha nesta conversa... Como todos os que aqui falaram até agora também eu tenho uma colecçãozita já mais ou menos grande de dvd originais lusos e estrangeiros que devem rondar as 400 e tal unidades..

Não me lembro do ultimo filme que comprei assim que saiu sendo que espero sempre pelas promos abaixo dos 5 ou 6€ para filmes confirmada-mente bons sendo que tal como o Armindo o que vou mais comprando ultimamente são alguns filmes que vão aparecendo nos hipers mesmo baratinhos!

As cópias em DVD-R também já são largas centenas, todas com capa de plástico individual e uma capita impressa (à mercado do cigano sabem?)... não converto divx para DVD-R nem gravo filmes que percam mais que 10% da qualidade... pelo que ainda mantenho alguns DVD9 num disco externo à espera de gravação...

No fim das contas o que mais me custa é que com tanta série que acompanho na TV/PC raramente consigo ver mais que um filme por semana...

Enfim... acho que estou a fazer um mealheiro de filmes para ver quando estive desempregado! (lagarto lagarto lagarto!!!)

brain-mixer disse...

Dos DVDr, eu realmente não ligo muito à compressão... Eu tenho muitos mas MUITOS comprimidos em DVDshrink. Para maior qualidade, agora arranjo o Bluray ;)

E quanto ao tempo que perdes em séries, lê este artigo do cinemaxunga. Eu realmente dou-lhe razão nesse ponto e é a explicação de tudo isso:
http://cinemaxunga.net/blog/2013/02/15/kill-your-television/