05/01/19

ON/OFF 2018



ON
  • Guillermo del Toro triunfa finalmente nos Oscars.
  • Diversidade em Hollywood finalmente a somar e Black Panther mais Crazy Rich Asians arrasam na bilheteira,  equilibrando a balança da quota racial.
  • Orgiástica colecção de Easter eggs nostálgicos da cultura pop que se pode descobrir em Ready Player One
  • Sermos agraciados com alguns monstros e criaturas bem cativantes e originais. Os alienígenas de A Quiet PlaceAnnihilation com um urso capaz de nos provocar pesadelos.
  • Roger Deakins finalmente a ganhar um Óscar, graças a Blade Runner 2049.
  • A perseguição em Busan, de Black Panther.
  • Aquele acidente de Hereditary.
  • Toda a sequência de recriação do The Shining no novo filme de Spielberg.
  • Annihilation na recta final, Natalie Portman entra no farol e a nossa cabeça explode.
  • A primeira missão de X-Force em Deadpool 2. E aquele cameo!
  • O guaxinim VS Jack-Jack
  • Spider-Ham relembra-nos o quão divertidos eram os Looney Toons.
  • Coincidência ou não, Bohemian Raphsody e Variações estreiam ao mesmo tempo. Para 2019 ainda iremos ter o do Elton John. 


OFF
  •  General Data Protection Regulation (GDPR) parece querer proteger-nos, mas tudo indica que irá ficar, afinal, tudo na mesma.
  • "O artigo 13º não vai acabar com a Internet" diz a Comissão Europeia. Mas vai tirar metade da piada que é a existência da própria Internet.
  • Diversidade em Hollywood a querer ter mais olhos que barriga. Remakes como Ocean's 8 são um passo em falso para criar estatuto futuro.
  • Danny Boyle pira-se de 007 e ficamos a chorar por um filme diferente.
  • James Gunn é despedido vergonhosamente de Guardians of the Galaxy 3 e a Disney tenta mascarar o próprio fiasco.
  • Aqui sobre Oscars, Kevin Hart também fora, desta vez por iniciativa própria.
  • "SNAP!" e metade vai ao ar. Mas quase toda a gente sabe que eles voltarão no próximo filme.
  • O público disparou primeiro e Han não saiu sequer do solo. A Lucasfilm a precisar de uma nova estratégia.
  • Iron Fist, Luke Cage, Daredevil... Tudo cancelado na Netflix. A Marvel a levar um tombo na TV. Disney + deverá ser certamente a culpada.
  • O belo do departamento de marketing da Sony criou uma das piores campanhas dos últimos anos para Sonic.
  • Black Mirror regressa com Bandersnatch mas não passa de um gimmick interactivo. Falta o murro no estômago!
  • A Disney compra a Fox e vai tudo abaixo. Todos a falarem no regresso dos X-Men e Fantastic4 para o MCU mas esquecem-se das consequências desta aglutinação gigantesca. 
  • Netflix abocanha diversos títulos pensados inicialmente para a grande tela. Annihilation, Mowgli e Cloverfield Paradox chegam a mais gente mas perdem na grandiosidade. 
  • MOTELX ao mesmo tempo que a Comic Con Portugal. Dois grandes eventos a canibalizarem-se. Para o ano há que haver o devido afastamento temporal. 
  • The Kessel Run é desperdiçado com... um polvo gigante. 
  • Asia Argento a usar a proverbial expressão "faz o que eu digo, não faças o que eu faço
  • A Academia decide criar um Óscar para Best Popular Movie. Rapidamente decide suspender, após o arraso popular. 
  • Linhas de Sangue. Tugas a brincarem com a pilinha. 
  • A Wrinkle in Time, Solo, The Nutcracker and the Four Realms, Mortal Engines, Robin Hood. Tudo rombo no casco. Não se pode ganhar $empre
  • The Predator dá um tiro no pé. A Fox queimou um monstro icónico e Shane Black vai demorar a acordar desta...
  • Bird Box será assim tão relevante e popular, ou a estratégia da netflix é expandir a mentira para as redes sociais através de memes?
  • Upgrade e Venom são os irmãos gémeos de 2018. O gémeo bom e o gémeo mau, em lados opostos na recepção da crítica e boxoffice.
  • O habitual RIP, infelizmente... Stan Lee marcou o ano, mas tantos outros partiram. Johann Johannsson, Burt Reynolds, Margot Kidder, Verne Troyer, Milos Forman, Bernardo Bertolucci...


Sem comentários: