19/02/07

Locais mais estranhos

Um francês, um espanhol e um português estão numa sala e...
Bem, introdução errada, ou pelo menos estranha. Essa sala é suposta ser estranha. E este artigo também vai ser estranho: Locais estranhos... Talvez em filmes de fantasia tipo Senhor dos Anéis (a Terra Média), OZ, Narnia ou os planetas de Star Wars poderiam ser incluidos, mas não. Fantasia não conta, isso seria batota...
Comecemos por ordem cronológica.


"Jupiter, and Beyond the Infinite" (2001 - Odisseia no espaço )
A obra-prima de Kubrick, incompreendida por muitos, tem Dr Dave Bowman no capítulo final a atravessar um túnel espacio-temporal colorido de luzes e som (a chamada sequência Stargate).
Bowman acaba por chegar a um quarto estilo Luís XVI, onde porventura se encontra frente a frente com o monolito. Deitado e envelhecido, vai transformado de feto para uma aproximação ambígua à Terra. Aquela sala foi um momento de silêncio climático, onde os intelectuais se reconheceram e os "charrados" da new wave deliraram... O seu significado foi entretanto explicado para leigos.





Hotel Overlook (Shinning)
Jack Torrance refugia-se num hotel isolado para passar algum tempo sossegado com a mulher e filhocom o intento de terminar o seu último livro. Num espaço onde Jack se vai tornando rabujento e agressivo com a mulher e filho Danny, este telepático e sensível a forças sobrenaturais e que por vezes tem aterradoras e fantasmagóricas visões no hotel. O "REDRUM" acaba por ser o rastilho que desencadeia toda uma série de acontecimentos no interior de um hotel vazio e mortalmente perigoso.




Black Lodge (Twin Peaks)
Acontece que nesta surreal série de Lynch, há um lugar extradimensional que inclui a "sala vermelha" sonhada pelo agente Cooper. A vida no Black Lodge é difícil de descrever, a "waiting room" (ou sala de espera) não parece que o tempo tenha sentido ou importância. Numa sala onde um Pequeno Homem de Outro Lugar e outros inabitantes têm um dialecto inglês distorcido inversamente falado e que frequentemente se expressam por enigmas e incoerências.



Casa Nº 1428 (Pesadelo em Elm Street)
O lunático assassino Freddy Krueger, que existe no "mundo dos sonhos" é capaz de matar no mundo real através da eliminação da fronteira entre estes dois mundos. Para isso, alberga-se naquela casa onde Krueger aproveitou para matar toda a vizinhança. Com enormes caldeiras na cave irregularmente sobredimensionadas para a estrutura da própria casa, tornou-se um local maldito para os adolescentes de Springwood. Com esta "ilídica" vivenda, fica a menção a todas as casas assombradas onde acontecem coisas “estranhas”.




Virtual insanity (Videoclip de Jamiroquai)
Aquele chão dançável onde Jay Kay aparece, dança e canta num único take é impressionantemente vibrante. Um ritmo ilusório, em que o solo se move debaixo dos seus pés, parecendo que é todo o recheio da sala a deslisar.



Labirinto cúbico de alta tecnologia (Cube)
Um cubo de Rubick em tamanho de edificio, encarcera um grupo de indivíduos no seu interior. Sem saber como lá foram parar e porquê, eles vão tentar sair dali vivos. Entre diversas armadilhas espalhadas por cada uma das divisões cúbicas, desde ácidos, lança-chamas, redes trespassantes... Com uma das soluções escondidas na numeração das entradas jogando com coordenadas cartesianas, as inúmeras divisões movimentam-se aleatoriamente e regularmente de posição.


7 ½ andar da LesterCorp (Being John Malkovich)
Um mal sucedido marionetista arranja um emprego na empresa LesterCorp, num edifício em New York onde eles estão localizados no sétimo andar e meio. Todo o piso é um espaço demasiado compacto e rebaixado, o que o leva a andar constantemente dobrado para a frente. Quando num dia descobre uma pequena porta que o transporta para o cérebro do actor John Malkovich (mais precisamente para a sua consciênsia), permitindo que observe tudo pelos olhos do actor Malcovich antes de ser atirado 15 minutos depois para uma vala perto das portagens da autoestrada de New Jersey, no outro lado da cidade.



Fábrica de Willy Wonka (Charlie & the Chocolat Factory)
A maior fábrica de chocolate do mundo, de propriedade do Sr. Willy Wonka, o maior e mais inventivo produtor de chocolate que produz todos os tipos de deliciosas guloseimas e chocolaterias. Os empregados são os Oompa-Loompas, pigmeus que se disponibilizam trabalhar com Willy Wonka. A peculiar fábrica subdivide-se em diferentes áreas de produção, sendo elas cada uma mais estranha que a outra: Chocolate Room, Fudge Room, Inventing Room, Juicing Room, Nut Room, Television-Chocolate Room, Chewing Gum Stretching Room...


Ilha (LOST/PERDIDOS)
O mais recente exemplo e provavelmente um dos mais intrigantes da lista (embora ainda não esteja explicada tanto enigma). A escotilha, toda a Ilha e o seu meio envolvente, onde se inserem desde pessoas já falecidas a animais (cavalos, ursos polares), nuvens negras com um certo tipo de inteligência, a Iniciativa Dharma com todos os seus símbolos espalhados por tudo quanto é canto... Um verdadeiro Triângulo das Bermudas.

10 comentários:

Sam disse...

Julgo que todos os filmes de Lynch possuem "locais mais estranhos". Aliás, um filme deste realizador já é um "local estranho, estranhíssimo"...

Excelente post.

Cumps.

Knoxville disse...

Excelente Artigo Edgar. Assim de repente lembro-me do cenário do Nothing :) Merecia estar neste top!

Um abraço!

membio disse...

lol também me lembrei do Nothing, mas existem muitos filmes que contêm lugares estranhos, talvez o The Cell, que apesar da pobre história, tem uns lugares bem estranhos, também existe o eraserhead que funciona em lugares estranhos e o matrix e The Abyss apresenta alguns lugares tb eles estranhos.

brain-mixer disse...

Sam, vejo mais os filmes de Lynch como comportamentos estranhos ;)

Knoxville, bom exemplo! Como é que não me lembrei dele?! Poderá ser incluido na lista mais tarde, mas primeiro deixa ver se há mais exemplos...

Membio, o The Cell esteve por pouco para entrar. Mas como eram TANTOS os locais que decidi erradicá-lo. Aquilo é exibicionismo :D

RJ disse...

Excelente ideia!
Existem muitos exemplos no "mundo da fantasia", que até estão presentes em alguns filmes de animação, mas acho que não são suficientemente "estranhos" para constar nesta lista...

Ou porque não a Vila de Shyamalan?... Ainda que esse seja "estranho" à sua maneira, e talvez não da maneira que pretendes aqui para esta lista... ;)

Ricardo Fernandes disse...

errmm cof... a ultima cena da parte do Pesadelo em Elm Street não é daquela casa... é da casa da amiga... a que morre a fazer alpinismo!

brain-mixer disse...

Rafa, "mundos de fantasia" é batota :P Eu avisei logo no início, tem de pertencer a um mundo que cremos como real...

Ricardo, pois enfim, tens razão :P
Mas eu vou deixar a foto na mesma... Eu gosto tanto daquele Krueger elástico ehehehh!

André Carita disse...

assim de repente estou-me a lembrar da velha fábrica onde se praticam as torturas em Hostel. Mais do que estranho, é bastante macabro! :/

Mas o Cube lá está, um dos meus filmes de eleição :)

Um abraço edgar!

brain-mixer disse...

Hostel ainda não vi, mas parece-me ser mais um local aterrorizante do que estranho (quanto mais não se enquandrar no mesmo tipo de "casas assombradas" do Elm Street)

E Cube... É aquela base... ;)

Anónimo disse...

Olá!!
Ando à procura do ano e do realizador de um filme que passou na TVI ha meia duzia de anos. chama-se "mundos de fantasia" e não consigo encontrar nada acerca deste filme.. uma ajuda sabia bem! se encontrares alguma coisa responde para o anaisabelquintas@hotmail.com

obrigado!!!!!!!!!!!!!!