01/06/07

Copy/Paste

...Nada se cria, nada se perde, tudo se transforma... "LAVOISIER"


A criação da Vida, o corpo humano versão artificial.

O Original: Metropolis
Maria, era assim que se chamava um robôt com aparência humana.


Frankenstein
A invenção macabra de um cientista, por graças de pedaços aleatórios.


5º Elemento
Leeloo, a chamada 'salvação do mundo', perfeita na sua criação.

SW3 - Vingança dos Sith
Para Analkin Skywalker, é o início de uma nova vida.

8 comentários:

wasted blues disse...

Uma ideia que passou pela cabeça de muitos cinéfilos, incluíndo os que realizaram as suas homenagens ;)

Para ser completamente feminino, devias ter usado a noiva do Frankesntein :D

Francisco Mendes disse...

Concordo com a Wasted ;)

brain-mixer disse...

Este é um daqueles exemplos "fáceis"... Desculpem-me o desleixo aqui no blog :P

BUDOKAN disse...

Muy buenas imágenes! Saludos y felcitaciones por el blog.

Pedro Afonso disse...

Conheça o Trailer Blog http://trailersblog.blogspot.com/ e conheça o que vai sair nas salas de cinema!!!

cineclube de faro disse...

«Este é um daqueles exemplos "fáceis"...» :))))))))

sim, mas sempre a propósito :-)

anabela moutinho

H. disse...

Bem apanhado caro brain ;)
Mas em relação ao Metropolis, há que esclarecer que Maria era a pessoa real, a boa, à imagem da qual foi feito um robot, uma versão má...

P.S. Podias ter posto a incubadora do Neo no Matrix, é similar...

brain-mixer disse...

Pois tens razão Helena! Já fazia confusão com elas... :P
Quanto a essa do Neo, está bem pensada, mas tenho de ver se condiz com estas imagens. Cheira- me que não há enquadramento paralelamente à "criação"...
Abraço!