26/01/10

O Avadollar faz batota...



Voltamos a uma polémica que no ano passado deu que falar num desabafo meu sobre o Dark Knight.
Hoje vou falar do novo sucesso que por aí anda: Avatar. Esse colosso. Imparável. A caminho de bater o "imbatível" Titanic.
Será mesmo assim??

Avatar está a aproximar-se rapidamente dos 600 milhões domésticos de Titanic. E já a atingir os astronómicos 1.8 mil milhões de dólares mundiais, batendo assim outro recorde do mesmo filme.
Façamos contas.
Como deve ser.
Ajustados à inflação, estes 555$ milhões serão 26º na lista dos inflacionados (Fica uma curiosidade de que desde a sua estreia, o preço até aumentou ligeiramente!). Mas como no tópico de comentários da discussão anterior se lembrou (e bem) que o mercado não é como antigamente, que se dá valor a sucessos que amealham esta quantidade num mercado tão feroz e concorrente como o de hoje, vamos passar para o ponto seguinte:

O número de espectadores é obviamente mais baixo, devido ao preço de um bilhete 3D ser mais elevado, subindo assim o valor dos milhões finais. Se, por exemplo por cá, o preço varia entre os 5.70€ para bilhete simples e 7.5€ para bilhete 3D, a vantagem está em quase 30% por bilhete para os filmes que angrariam espectadores para a versão a três dimensões.
E num filme que vendeu mais de metade dos seus bilhetes nesse formato... É fazer contas.
Ora, se em receita bruta Avatar está a vencer, não vence como FILME MAIS VISTO. De longe, de longe...

Mas fora recordes batidos, o mérito de Avatar é o de levar todo este público a gastar num bilhete mais caro.

Opiniões?

6 comentários:

Nasp disse...

A minha opinião é que se Avatar "despontou" o cinema em 3D (o que eu não acredito) pois acho que o 3D será sempre um tecnologia esquecida...... então precisaremos de mais filmes em 3d para podermos "medir" este sucesso Avatariano...


Isso da inflação é correcto, mas mais correcto ainda era se fosse visto em numero de bilhetes vendidos....

Agora com tantos filmes por ai o sucesso de AVATAR é um caso para estudar mesmo, é que não estamos a falar de 1 bilião, Avatar vai a caminho dos 2 biliões quando podemos contar pelos dedos da mão os filmes que passaram a barreira de 1 bilião :) :) Assim não há calculadora que o vento não leve....

Ades ver quantos anos esteve E Tudo o Vento Levou em exibição nos cinemas.... é algo que tu mesmo disseste com a concorrençia feroz de hoje Avatar não se aguenta 3 meses em exibição.

Tiago Ramos disse...

Tens toda a razão! Não deixa de ser devido à inflação e aos preços elevados da exibição em 3D que o filme conseguiu chegar onde chegou. Bateu recordes de bilheteira, mas não de audiência. Mas também Titanic não conseguiu o recorde que tem em apenas 6 semanas, portanto pode ser que daqui a uns meses, Avatar tenha algo mais para dizer...

brain-mixer disse...

Nasp, esses 2 mil milhões são um fenómeno, sem dúvida. Mas prefiro saber quais os mais vistos, aquilo que realmente distingue dos filmes mais populares: Quanto mais gente o vê, mais torna um filme mais popular.
E Tiago, na verdade, o Avatar ainda não terminou a procissão...

É esperar até ao final de carreira ;)

Thanks & Cumps!

Sam disse...

A inflação torna "impossível" um ranking preciso dos filmes mais vistos e/ou mais rentáveis de sempre. É referido, em vários sítios, que CLEÓPATRA (1963), se «ajustado à inflação», continua a ser um dos filmes mais caros de sempre...

E o pormenor do preço dos bilhetes para sessões 3D são, tal como destacas, "achas" para alimentar esta fogueira de incertezas.

Abraço.

brain-mixer disse...

O ideal nestes casos é mesmo, como fazem os europeus, contabilizar "à cabeça". Por número de espectadores isso nunca dá erro.
Mas fazer isso no país onde o Capitalismo é originário, ui...
Abraço, Samuel

Anónimo disse...

eu não pagava para ver o Avatar e ainda bem, desilusão...