20/07/06

MITOS CINEMATOGRÁFICOS

Mitos e lendas. Enganos e boatos. Mentiras e aldrabices. Ou apenas coisas estranhas que não passavam de enormes coincidências... Estes casos não se classificam de “Mistérios”, já que estão provados e explicados por especialistas ou pelos próprios autores.

3 Homens e um bebé
A silhueta por detrás da cortina da janela para a varanda pertencia ao fantasma de um miúdo que foi morto naquele apartamento.

O mais famoso mito que foi popularizado por alturas do seu lançamento em VHS. O rumor mais comum é o de que muitos acreditavam que o jovem cometeu suicídio com uma arma de fogo. A imagem fantasmagórica ganhou novo alento quando a sequela “Três homens e uma menina” estreou anos depois, onde foi logo desmentida pelos produtores. As imagens no próprio filme confirmam a inexistência de qualquer fantasma, quando Ted Danson retira um cartaz de tamanho real de si próprio. Cartaz esse que se situava nesse preciso local onde se via o “vulto”.
Podem aceder a mais informação sobre o "boy" aqui.

Predator
Van Damme deu corpo ao extraterrestre. Fez de duplo debaixo da fatiota de 1.80 metros.

De acordo com o director John McTiernan, a aparição do Predador nas selvas do filme seriam feitas pelo actor Jean-Claude Van Damme, que faria as suas cenas em tela azul, sendo elas posteriormente inseridas no filme através de efeitos especiais. Porém, após dois dias de trabalho, Van Damme insatisfeito, desistiu do serviço porque o seu nome apareceria não-creditado como efeito especial. O Alienígena foi redesenhado e eventualmente interpretado por Kevin Peter Hall, de 1.80 metros.

The Blair Witch Project
O filme é baseado em filmagens de um documentário feito por três estudantes que desapareceram misteriosamente.

Segundo as notícias iniciais divulgadas na internet, em 1994 três estudantes decidem rodar um documentário sobre a bruxa Blair num bosque em Burkittsville e dias depois desaparecem sem deixar rasto. Um ano depois, as bobines com as filmagens aparecem...
Mas como já toda a gente sabe, era tudo treta: Era sim, uma verdadeira e genial acção de marketing para a propaganda do filme. Os actores estavam vivos e bem de saúde, os realizadores confessaram terem arquitectado tudo para assim criarem a premissa para um aterrador filme. Mas tudo não passou de ficção. Nada era verdade...
(Este filme inclui-se na categoria de Mockumentário, já desenvolvida aqui no blog)

King Kong vs. Godzilla
As versões japonesas e americanas de King Kong vs. Godzilla têm finais diferentes.

Godzilla ganhou na versão nipónica, enquanto que King Kong sai vitorioso na terra do Tio Sam. Era assim que os fãs especulavam sobre o final polémico do choque de Titãs. Embora o filme japonês tivesse sido modificado aquando da estreia nos Estados Unidos, a batalha final entre os dois monstros acabou da mesma forma nas duas versões: Um ambíguo empate...

Nosferatu
O actor Max Schrek, que interpreta a criatura horrível Nosferatu, é um vampiro real.

No filme, o Conde Graf Orlok tem a alcunha de Nosferatu. A palavra Nosferatu, usada até hoje como sinónimo de vampiro, tem raízes muito antigas no folclore europeu. O paralelismo com Drácula é inevitável, onde mais tarde o filme sobre o vampiro da Transilvânia foi largamente influenciado pelo de F. W. Murnau.
Seja qual for a verdade, após o clássico de 1922, Nosferatu ganhou vida própria com a perturbadora aparência de Maximiliam Schrek, que muitos acreditavam ser um vampiro verdadeiro.

Star Wars
Um cromo de colecção da saga Star Wars foi alterada propositadamente para mostrar o andróide C-3PO com um pénis largamente exagerado.

A carta #207 da colecção Topp sobre a “Guerra das Estrelas” ficou polemicamente famosa por mostrar uma imagem criada pela combinação de uma parte natural do andróide e algo extra inserida por métodos desconhecidos. As explicações dos responsáveis recaem no acaso da junção de timing com efeitos de luz no momento do disparo da foto. Intencional ou não, o realismo da enormidade foi o suficiente para a Topp substituir o cromo por outro corrigido.

A pequena Sereia
Um dos castelos visíveis na capa do filme foi deliberadamente desenhado de forma a parecer uma silhueta fálica.

Para quem comprou a cassete vídeo do filme da Disney e reparou no “pequeno detalhe” ficou chocada por encontrar tal semelhança. Há quem diga que foi propositadamente criado por um artista perverso, mas se as coincidências existem, esta é bem uma dessas situações. Mas destes porno-esconderijos há-os muitos por aí, isso não é novidade. Como exemplo, peguem numa moeda de 1 ou 2 euros e observem com atenção nos países nórdicos que se encontram aí inscritos. Diz-vos alguma coisa??


Para concluir, a título de curiosidade, o filme Amélie criou uma mentira nada convincente através dos emails quando alguém fez correr pela internet um fotograma do filme alegando ser verdadeira. A fotografia mostrava nuvens formando uma silhueta realista de um urso de peluche. Mas parecia demasiado bom para ser verdade...

14 comentários:

Francisco Mendes disse...

Maximiliam Schrek é altamente perturbador... qual será a verdade? Ela anda aí...

H. disse...

Algumas destas curiosidades sabia mas outras nem por isso e ñ deixam de ser muito interessantes msm...

Mário Lopes disse...

Também não conhecia todas, mas ainda me lembro do enorme burburinho que houve á volta do Projecto Blair Witch!

wasted blues disse...

Já conhecia o site.

Não referes um dos mais conhecidos - wizard meets the floyd. Eu já o referi no meu blog, mas muitos conhecem a história. Nenhum dedo seria apontado...

André Carita disse...

Van Damme como predador?? no shit! lol!
É verdade, acho que até já mencionaste isso num post, mas aquelas hipóteses todas em torno da mala misteriosa do Pulp Fiction também se pode enquadrar nestes mitos cinematográficos?
Um abraço!

Criswell disse...

Acabo de reparar nisso das moedas do euro :P

brain-mixer disse...

Francisco, aconselho-te a ver "A sombra do vampiro" com um Willem Dafoe em alta forma (Mas tenho a certeza de que já o viste:P)

Helena, pois é! Se até mesmo cá por este país sabemos da maior parte...
Mário, diz-me lá a verdade: No início, acreditaste naquilo tudo, não foi?? LOL

Wasted, o que referes é aquele do feiticeiro de Oz com o enforcado, não? (Ah e eu não apontei dedos, só olhei por trás do ombro, por precaução)

André, como deves ler no início do texto, coloquei lá um link para os "mistérios por resolver" onde se inclui esse caso. Mas não há mal nenhum em voltar a falar nele ;)

Criswell, como foi? Divertiste-te? Ehehheh ;)

Cumprimentos a todos

Criswell disse...

Oh Brain vê lá se com a 3ª imagem tu adivinhas o quiz pá :P

wasted blues disse...

Não, refiro-me ao célebre mito de que o 'Dark Side of the Moon', dos Pink Floyd será uma OST alternativa para 'Wizard of Oz'. Quanto ao resto, não retiro uma vírgula. Outra pessoa não teria tido igual paciência para lhe explicar o óbvio, mas não fui recompensada com uma resposta. Logo esta será a última vez que aqui escrevo.

Cumps

brain-mixer disse...

Wasted, eu já te respondi por mail e creio que está a "polémica" acabada. Quanto ao resto, é contigo...

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»

Anónimo disse...

I love your website. It has a lot of great pictures and is very informative.
»